terça-feira, 27 de julho de 2010

Nada de 'era uma vez...'





Ela andava sozinha sempre, não tinha Lobo, nem vovó e muito menos Caçador. Ela andava sozinha por gostar da solidão e sentir-se o tempo todo mergulhada numa nostalgia. Lápis preto borrado nos olhos, cabelos sempre soltos e ondulados, desejos e emoções não interferiam no seu rosto, mas se repararem nos olhos se veria tudo ali, na profundeza castanha. Não tinha a inocência de contos de fadas nem a garra do lobo, não tinha a força do caçador e nada parecido com os personagens das histórias conhecidas, mas queria estar em um romance de muitas páginas - eternas paginas - sem esperança, no entanto, de príncipe encantado. 

2 comentários:

Náty disse...

http://condominiopinkpower.blogspot.com/ Condominio INSCREVA-SE

http://charmelune.blogspot.com/ blog pessoal

http://girltimee.blogspot.com/ MODA E MUITO MAIS

amiiga seu post esta lindoo!

me visite?? vou te seguir, me segue tbm ? beijoos

Julia disse...

Ah, que texto lindo *-* que verdade! Poxa, eu fiquei impressionada, é tão a ver com a nossa realidade (: