segunda-feira, 19 de julho de 2010

Viver no limite é loucura.


Viver no limite, como dizem, não é exatamente irritante e sim perigoso. Como equilibrista, sempre lutando para não ir aos extremos. Admito, é até meio divertido, sabe? para espantar o tédio. 
Admito também, que o excesso não faz bem à saúde, levando em consideração que a loucura rodeia e tudo... Tira, as vezes um parafuso ou outro, mas vi num filme recentemente a seguinte frase: "Louco? é, talvez. Mas sabe? as melhores pessoas são assim!"  

Um comentário:

Thiago brOw disse...

Alice no país das maravilhas? hahuhau

Muito bom :)