sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Rubra, simplesmente rubra.



Os elogios a deixava rubra. A mente parecia entorpecida com as palavras, ela não sabia como agradecê-los, como devolve-los, ela simplesmente ficava rubra. O sorriso envergonhado e os olhos esbugalhados de surpresa, a fazia ficar imóvel e sem uma palavra defronte as palavras do garoto. 
O que estaria ele aprontando? Ela sinceramente não fazia idéia, mas temia pelos sentimentos dele, porque se fosse o que ela estava pensando, o sentimento não era mais mútuo, ela partiria seu coração. Infelizmente ela iria ter que quebra-lo, não por maldade mas para poupa-lo de dor maior depois. 

2 comentários:

Fabiano disse...

acho louvável quando alguém termina uma relação assim q o amor acaba. protelar a situação só machuca mais a outra parte envolvida na relação.
abraços.

http://blog-do-faibis.blogspot.com/

C. Azevedo disse...

E ai, tudo bom?

Poxa, jovem, é a primeira vez que eu passo por teu blog e curti bastante. Existem poucos blogs bons como o teu.

Teve a manha de relatar uma situaçao tao comum de forma tao bonita. Ushi, quantas meninas nao caíram no meu rio de elogios e acabaram por quebrar meu coração?

Se aconteceu contigo, voce fez o certo...

C.Azevedo
www.ograndeurso.blogspot.com