domingo, 6 de junho de 2010

Ele implica mas me ama!

Quando nasci, ficou feliz mas em compensação ficou com febre emocional e tudo. Quando cresci mais um pouquinho, eram as brigas  intermináveis e provocações irritantes. depois? brigas, brigas  e mais brigas. Até que eu percebi, com muita surpresa, que podíamos ter uma conversa de cinco minutos sem terminar em abraço forçado de reconciliação. Qualquer uma garota, pode até perguntar, teria ódio de ser irmã caçula e só ter irmãos mais velhos homens, ou então iria adorar pois seria A menininha da casa ou A princesinha do papai, mas eu nunca gostei de mimo demais ou atenção demais. As pessoas, com o tempo, diziam que éramos perfeitos, porque você me protegia, eu te respeitava e tudo, mas não era bem assim. Depois eu me senti abandonada, pois você começou a namorar e eu fiquei sem companhia, o amor todo era para ela e eu só ficava com a implicância! ( sim, é por isso que eu tenho ciúmes, mano.) Aí, ele aprendeu a conciliar os dois amores. Hoje, é ele que fica todo ciumento comigo, mas quer saber? é bom mesmo! Tem que cuidar de mim! kkk...
Maninho lindo que me protege, que me ama, e que me entende... não só irmão, mas melhor amigo! Te amo, Duuh!




Um comentário:

Gleia disse...

amor de irmão sempre tem um pouco de ciúmes